Adenízia anuncia afastamento da Seleção Brasileira nesta temporada

Após representar o Brasil por dez temporadas consecutivas, conquistar o ouro olímpico e acumular um currículo invejável com a camisa verde e amarela, a central Adenízia decidiu pedir dispensa da Seleção Brasileira para se dedicar à família e cuidar da sua mãe, que passará por uma cirurgia. Além disso, a atleta vive um momento especial da sua vida e irá realizar um sonho, que é o seu casamento.

 

Segundo a atleta, a escolha não foi fácil e precisou de muito tempo e reflexão para chegar à uma conclusão.

 

“Foi bem difícil tomar essa decisão, o voleibol é a minha vida, me dediquei muito pra chegar na seleção, abri mão de muita coisa, mas faria tudo de novo. Ninguém sabe das nossas dores e dificuldades, de viver sem folgas e passar tempo longe da nossa família. Por isso tomei essa decisão, foram dez anos de muito amor e dedicação, mas esse ano tomei a decisão de ficar com a minha família e realizar um grande sonho que é me casar”, explicou Adenízia.

 

Desde janeiro, a campeã olímpica vinha conversando com a comissão técnica do Brasil, em busca de uma solução que fosse a melhor para os dois lados e não deixasse ninguém na mão. Aos 32 anos, a central acredita na possibilidade de conquistar mais uma medalha olímpica e seguirá a disposição do técnico Zé Roberto para a próxima temporada. “Agora para 2020 não depende só de mim, eu continuarei trabalhando duro, o futuro só a Deus pertence”, afirmou.

 

Foto: Divulgação/CBV

8 de abril de 2019