Após título sul-americano, Adenízia mostra confiança no grupo que vai ao Japão. “Sei que darão seu melhor”

A temporada 2017 de Adenízia na Seleção Brasileira de Vôlei não poderia ter acabado de melhor forma. Depois dos títulos do Montreux Volley Masters e do Grand Prix, a central ajudou a equipe de José Roberto Guimarães a conquistar o ouro no Sul-Americano, o que assegurou a vaga do Brasil no Campeonato Mundial de 2018, no Japão.

O 20º título Sul-Americano da Seleção Brasileira veio com um 3 a 0 (parciais de 25/23, 25/19 e 25/17) contra a Colômbia no último sábado (19), em Cali, apenas 13 dias depois da conquista do Grand Prix diante da Itália, na China.

“Eu estou muito feliz por mais essa conquista. Essa classificação para o Mundial era muito importante. Nós sabíamos o risco que nós corríamos nesse campeonato, por jogar um Grand Prix pouco tempo antes, não estar no fuso, viajar de novo, então era muito complicado para a gente. Mas mantivemos a concentração e soubemos passar por esses desafios”, afirmou.

A Seleção Brasileira ainda vai disputar a Copa dos Campeões, em setembro, no Japão, mas sem Adenízia. A central pediu para não viajar com o grupo para poder descansar e passar um tempo com a família antes de voltar para a Itália e se reapresentar ao seu clube, o Savino del Bene Scandicci, para a temporada 2017/2018.

“Eu pedi para descansar e depois voltar para minha equipe. Meu time foi montado para ganhar o campeonato e esse é o meu foco agora, então tenho que estar bem agora e também depois para o Mundial com a Seleção no ano que vem. Desejo sorte para as meninas na Copa dos Campeões, sei que elas vão fazer o melhor e trazer mais esse resultado positivo para nós”.

A estreia do Savino del Bene Scandicci na Liga Italiana será diante das atuais vice-campeões do Liu Jo Nordmeccanica Modena, fora de casa. Além da renovação de Adenízia, o time de Scandicci ainda se reforçou com nomes importantes como a ponteira Lucia Bosetti, a levantadora norte-americana Lauren Carline e a jovem oposta sueca Isabelle Haak.

[Foto: Nelson Rios/Voleysur]

21 de agosto de 2017