Adenízia e Savino del Bene lideram estatísticas de bloqueio na Serie A1

A central possui a melhor média e o clube possui a maior quantidade de bloqueios do torneio 

 

O Savino del Bene é o terceiro colocado da Serie A1 Italiana e está a quatro pontos do líder Imoco Volley Conegliano, que possui 46 pontos na competição. Além da briga pela primeira colocação e a vantagem do mando de campo nos playoffs, o clube de Scandicci é a equipe que melhor bloqueia seus adversários, com 187 bloqueios em 19 partidas, resultando na média de 9,8 bloqueios por rodada.

 

Um dos segredos para o bom desempenho da equipe nesse fundamento é a central Adenízia, que lidera a equipe com 49 bloqueios, seguida pela central Jovana Stevanovic com 47 e a oposta Isabelle Haak com 30. No geral, Adenízia possui a melhor média de bloqueios da competição, com 0,92 por set, e está a 10 pontos da polonesa Agnieska Kakolewska, central do Pomí Casalmaggiore, que lidera o número total de bloqueios.

 

A central brasileira busca conquistar o prêmio de melhor bloqueadora da Serie A1 Italiana pelo terceiro ano consecutivo. Na temporada de 2017/2018, Adenízia teve 99 pontos de bloqueio e na temporada de 2016/2017 alcançou a marca de 109 bloqueios. Neste ano, ainda restam sete partidas para o final da primeira fase.

 

No último domingo (17), contra o Pallavolo Monza, Adenízia conquistou 11 pontos e cinco bloqueios, saindo como a maior bloqueadora da partida, ao lado da central Jovana Stevanovic e da ponteira Lucia Bosetti, ambas do Savino del Bene Scandicci.

 

[Foto: Divulgação/Savino del Bene Scandicci]

18 de fevereiro de 2019